Review Nacional: “Coração no Gelo” por Chave Mestra

cngreviewOlá! Depois das listas dos cinco melhores trampos do ano, decidi logo largar essa review que to devendo a muito tempo aos maninhos do grupo (Se você não faz parte, entre!),  interagimos muito no face. Pois bem,  como é óbvio desde que você clicou aí, hoje a review é do EP: “Coração no Gelo”, do grupo pernambucano Chave Mestra. Na qual os integrantes são: Zaca de Chagas,  Louco do Texas, Moral, Faraó e Diomedes Chinaski – Esse último que já é velho conhecido aqui do blog e teve sua recente mixtape, “Ouroboros”, analisado por mim mesmo. Sem mais prosa, venham comigo.

Chave Mestra já é um grupo muito bem conhecido nas ruas de Recife e região metropolitana. Se tratando da cena underground daqui, os caras verdadeiramente se empenham muito e já tem uma base forte e grande respeito. Eu, como conterrâneo deles, já tive a oportunidade de ver um show , mas com birra e infantilidade, não fui. O fato é que Coração no Gelo não é o primeiro trampo dos caras, o primeiro é “Novo Egito”, na qual não gostei muito e achei cheio de buracos. Desculpem caras, aquilo verdadeiramente não desceu.

Porém, meus olhos foram aberto para eles de novo depois da recente treta ( e que treta) entre os rappers Diomedes e Tai Mc -ambos droparam cada diss-track foda, recomendo que ouçam. Depois disso, parei para ouvi o “Ouroboros” do Diomedes, e não achei muito envolvente, apesar de não ser ruim. Mais tarde, fui surpreendido por esse EP deles, em que aumentou ainda mais minha curiosidade depois de ter escutado alguns sons do Zaca de Chagas, que por sinal tem um trampo lançado esse ano, pararei para dar uma olhada também. Enfim, voltando ao assunto, Coração no Gelo é um EP curto, de 5 faixas incluindo um interlúdio do Pablo Escobar. Nesse sentido, já deixa bem claro pra vocês que esse EP segue uma temática de violência,  guerra entre gangues,  violência policial e a crescente vitória do crack nas periferias de Recife.

Nego Galo, rapper do Ceará, integrante do Costa a Costa, faz um excelente verso na primeira track do EP, não só ele como também o Coro Mc, ambos estão muito bons. Todos os integrantes do Chave Mestra estão realmente muito bons também, destaque para o Diomedes que está excepcional no auto tune e faz refrões também excepcionais. Em destaque, mas não sendo um refrão, deixo umas linhas do bom verso dele em “Música e Crime”, que é pra mim, o melhor verso do trabalho junto com o do Nego Galo.

É questão de classe, é questão de raça
enquadra os irmão na quadra, mas na rave não embaça
Cores e valores, temos nosso próprio mapa
Ninguém é santo, dinheiro branco, é tipo a roupa do papa
A vida loca que tu conhece é a Lady Gaga, melhor calar essa boca
aqui na boca a vida é barata (“Música e Crime”)

Rimas bem feitas, auto tune no ponto, Diomedes é uma das melhores coisas desse EP. Entretanto, não irei terminar sem falar da produção, né? Por isso tenho que falar do bom trabalho do Moral, que é um dos integrantes do grupo e é responsável pela produção de quase toda as faixas tirando a primeira batida que é a do mano Ceagá.

Um trap auto-tuned bem bacana e muito bem orquestrado, a única falha é sua pouca profundidade e limitação técnica, tirando isso é tudo muito lindo. Coração no gelo é um dos melhores trampos que o rap nacional nos proporcionou esse ano. Obscuro ao mesmo tempo que é lúcido e bem encaixado, sem nenhum buraco, tudo muito bem organizado. Parabéns Chave Mestra, vocês representam bem o Rap Nordestino e Pernambucano.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s