Review: “Layers” por Royce da 5’9″

LayersReview

Fala, seus VIVO/GVT! Pai tá de volta as review e dessa vez vamo falar (De novo) do menino Royce da 5’9″, o maluco tá trabalhando… e soltou outro projeto dia 15. O seu full length, “Layers”, o que ele disse que seria um projeto mais introspectivo, e que no final do álbum seus fãs poderiam conhecer as várias “camadas” da pessoa Ryan Montgomery. Vamo descobrir se ele cumpriu a promessa e como que tá esse projeto depois do top de 5 de melhores sons do Facção Central…

TROLLEI, VEADO!

Voltando pra review, é verdade sim que “Layers” é bem mais introspectivo que qualquer outro projeto do MC. O álbum toca em vários aspectos da pessoa do rapper, como seu problema com bebida, momentos dificeis da carreira, ou simplesmente mostrando suas convicções. Algo inteligente que ele fez, foi não se prender somente a esse aspecto, ele não deixa de lado o que sempre faz, o bom e velho bragadoccio com punchs ácidos e cômicos.

A produção em mais ou menos 80% do projeto é muito boa, porém tem alguns momentos em que a batida escolhida soa meio corny, como por exemplo a de “Shine” que traz um som de um xilofone, ou seja lá o que for, repetidamente várias e várias vezes sem variação nos loops. Quando não, o beat soa meio genérico, como eu senti no caso da decepcionante “Layers” o qual vou falar mais detalhadamente depois.

Algumas das tracks que eu mais curti foram: A “Tabernacle”, já cansei de elogiar essa faixa, ótimo storytellin, excelente métrica aliada. A “Hard”, que é aquele tipíco bragadoccio do Royce, mas também um desabafo pessoal com aquela pitada de humor. Além dessas, a “Wait” que já tava no EP também é muito boa e outra que me chamou bastante a atenção foi a “America” que traz um espécie de crítica social do jeito do Royce então não fica parecendo que ele tá forçando o tema, fica bem natural, além de ser uma track com qualidade. Na outra mão, eu me decepcionei PRA CARALHO, com a track “Layers”… Cê vê PUSHA T e ROYCE numa track, o que você espera??? Que eles façam uma chacina na porra da track, e o que a gente ganha foi uma track mediana, onde até o beat era bem average.

Se comparado com o EP “Trust The Shooter”, devo dizer que “Layers” me entreteve bem menos, mas é interessante ver que o Royce pode sair do sua zona de conforto e criar algo tão bom quanto seus projetos passados. Nice one, Roycezinho! PEAAAAACE!!!

Anúncios

Um comentário sobre “Review: “Layers” por Royce da 5’9″

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s