Drop The Beat – “Internação Vol. 1” por Mestre Xim

mestreximDTB

Fala aí, seus pão com lama! Desse lado da linha quem fala é o Santiago aka Catuaba Papi aka Crush da Rihanna aka Menino Swag aka Diadema’s Finest, e eu tô de volta mais rápido que a ejaculação do seu pai pra lhes trazer mais um Drop The Beat. O trampo que vou revisar é a tape recém lançada pelo produtor carioca Mestre Xim, conhecido por fazer batidas para rappers como Dalsin, Costa Gold e Haikaiss. Os mlk chegaram em mim e falaram “Carai Santi, você precisa ouvir a tape do Mestre Xim que tá pica” e eu fiquei tipo “Mestre Quem? que droga de nome é Mestre Xim mano, o que tem a ver ter esse nome, meu Jesus Cristo?” mas resolvi dar uma chance pro carioquinha já que fazia tempo que eu não lançava um DTB! e rapaz, não é que o maluco é bom memo??? Eu sempre tive esse problema com nomes e estereótipos e venho tentando melhorar todos os dias, porém muitas vezes eu acerto quando minha mente diz “NÃO ESCUTA ESSE FILHO DA PUTA”, principalmente quando me disseram pra ouvir Kid Ink, Tyga, Pollo, Mateus Verdelho e Mac Miller, mas enfim… Partiu né!

O Mestre Xim é conhecido por seus beats, hmmm, digamos… enigmáticos (?). É difícil definir. Ele gosta muito de inovar, ir na contra mão do esperado. Isso reflete principalmente na forma que ele monta os drums de seus beats. Os beats em sua maioria são no “contra” do compasso com ritmos bastante lineares. É fácil perceber grande influência do grande mestre Madlib e assim como o Otis Jackson, o Xim tem um excelente ouvido para sample. Todos os samples utilizados foram encaixados perfeitamente com a melodia e são executados com maestria, vale destacar também a grande variedade de samples utilizados, com influências do black soul até músicas tradicionais da cultura oriental. Destaco as tracks “Groove pt 2” e “Japan Dreams”… A primeira tem o poder de te fazer levantar da cadeira e MANDAR AQUELE, se pá se você colocar esse som perto do James Brown ele levanta do caixão e já chega no moinho de vento. O segundo, como o nome já diz, traz um sample picudo de música japonesa que os otaku que acompanha esse site vão adorar (eu sei que tem vários, inclusive na staff).

A tape tem 15 faixas, repleta de boombap pica, muita criatividade, linhas de baixo viciantes, melodias bonitas e drums extremamente complexos. Os boombap lovers vão se amarrar nesse trampo, com absoluta certeza. Mesmo que você não curta esse tipo de som, vale a pena conferir, e já pegando o gancho, esse é o conselho que dou para os produtores/MC’s e ouvintes do rap: NÃO TENHA A MENTE FECHADA. Escute, pesquise, descubra coisas novas, absorva as boas e tire as ruins. Não entre nessa putaria de “ain eu não gosto de boombap só gosto de trap” ou “mimimi por isso que eu só gosto dos anos 90, naquela época existia rapper de verdade”. NÃO FODE! O talento dos nossos músicos/produtores é gigante e isso é fácil perceber nessa tape, os caras não fazem feio pra nenhum beatmaker gringo, só não possuem os mesmos recursos e espaço, então moleque, deixa esse seu preconceito de bitch ass nigga pra lá, seja mais compreensível e dê valor para o rap nacional, seu cabaço… Afinal nóis ta tudo junto por isso, né não?!

É isso ai seus caga sangue, chegamos ao fim de mais uma review do Santizinho, eu sei que vocês me ama e o pai também ama vocês demais. Espero que todos seus sonhos se realizem, espero que amanhã tenha um lugar vago do lado daquela minazinha que você tromba todo dia no busão pra ir trabalhar, espero que aquele moleque bonitinho da sua sala seja muito burro e peça pra você ajudar ele com a lição, espero que seu pai que saiu pra comprar cigarro há 10 anos atrás retorne para casa hoje! Tchau…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s