Drop The Beat! Especial Pharrell Williams

 

pharrell-williams-adidas-oficializa-parceria-2014Salve rapaziada! Aqui é o Santiago, trazendo conteúdo pra vocês sobre beats e produções. Dessa vez, trago pra vocês um especial sobre um dos maiores produtores do rap e pra quem me conhece sabe que é o meu preferido: Pharrell Williams.

Em toda sua vida, Pharrell se mostrou ser uma pessoa multi-talentosa: cantor, compositor, produtor e designer obtendo sucesso em todas essas áreas. Antes atuava apenas nos backstages, e não recebia tanta notoriedade na mídia como aconteceu no ano de 2014, quando emplacou o sucesso “Happy”, que rendeu mais 3 grammys pra conta do P, Mas se você pensa que o ele é um novato no ramo da música você esta completamente enganado. Além desses 3 grammys como cantor ele ganhou em 2003 o grammy de produtor do ano, junto com o Chad.
Quando estava na sétima série, conheceu Chad Hugo em um acampamento de verão sétima série, Williams tocava teclado e bateria na banda da escola e o Chad saxofone. Mais tarde essa amizade se tornou em uma das maiores duplas de produtores do Rap e da música Pop americana, os NEPTUNES. Eles produziram hits dos mais variados estilos, desde “Hollaback Girl” da Gwen Stefani, “I’m a Slave 4 U” da Britney Spears até “Drop It Like Its Hot” do Snoop Dogg.

Mas voltando ao assunto que interessa que é o RAP. A contribuição do Skateboard P para o rap é algo que deve ser levado em consideração. Muitos hits do mainstream passaram pelas suas mãos. No começo da carreira ele descobriu sua ‘fórmula mágica’ e a manteu por todo esse tempo.
Existe um padrão em seus beats, onde ele sempre repete o começo da batida 4x, se tornou sua marca registrada. Enquanto outros produtores possuem “vinhetas” como o Dj Mustard e seu “MUSTARD ON DA BEAT, HOE” e o Mike Will Made It com “EARDRUMMERS”, O Pharrell utiliza essa “tática” simples mas que dá sua própria identidade em suas produções. Voce pode conferir alguns exemplos dessa tal tática aqui:

Sou muito suspeito pra falar desse cara, mas preparei uma lista das produções do Pharrell que eu mais gosto

5 – Jay-Z feat Pharrell Williams – I Just Wanna Love You

Lá em cima eu tinha falado que o Pharrell descobriu sua ‘formula mágica’ né?! E esse som caracteriza exatamente como o Neptunes trampa. O bom e velho boom bap com sintetizadores de guitarra elétrica e percussão ‘artificial’ pra dar uma sonoridade funk mas futurista, ah e é claro, o Pharrell fazendo o refrão com sua famosa “vozinha” que muitos acham irritante mas eu acho muito foda.
Em uma entrevista para MTV, Jay-Z disse o que achou dessa produção:

“A vibe de todos no estúdio foi incrível. A reação de todos foi imediata, estava todos cantando assim que o refrão entrou. Ali eu já soube que seria um sucesso. Não tem como me parar, eu estou imparável com essa música.

E assim foi, essa música foi o primeiro single do Jay-Z a ficar em #1 nas paradas de Hip-Hop americana, sucesso que rendeu muitas outras parcerias e muito dinheiro pra conta do neguinho.

 

4 – Mystikal f/ Pharrell – “Shake Ya Ass”

Com uma sonoridade semelhante da “I Just Wanna Love You”, “Shake Ya Ass”, também foi um grande sucesso criado pelo Skateboard P.
Dessa vez, foram adicionados vários instrumentos de percussão, com grande influencia da música africana. A melodia é simples, porém viciante composta por apenas 5 notas isoladas, nada de acordes. Novamente o refrão é cantado pelo próprio Pharrell, com seu falsete inconfundível.
Essa produção marcou época também, pela ascensão do hip hop no sul do Estados Unidos, visto que naquela época o duo Outkast tinha acabado de lançar o fodástico “Stankonia”. Esse som marcou ainda mais a influência do sul no rap, e muitos rappers colhem os frutos dessa ascensão até hoje.

 

3 – Justin Timberlake – “Rock Your Body”

Não só essa canção, mas a maioria das músicas do disco Justified foram produzidas pelos Neptunes. Musicas como: Senorita e Like I Love You.
Essa música traz a vibe dos anos 80 dos Jacksons Five, dessa vez com vários acordes de teclado e muitos riffs feitos por sintetizadores.

 
Pharrell é um dos maiores responsáveis pela transição de Justin Timberlake de Nsync para solo e também, do estilo “bad boy”, feito pra agradar as menininhas, para um som R&B e mais ‘maduro. Mesmo com o JT trabalhando mais com o Timbaland em álbuns posteriores, foi o Pharrell que deu aquele “empurrãozinho” para a carreira solo do Timberlake deslanchar.

 

2 – Snoop Dogg – “Drop It Like Its Hot”

Essa música representa um novo recomeço na carreira do Snoop Dogg, foi o que trouxe ele para o topo das paradas novamente, depois de um bom tempo sem conseguir emplacar um sucesso.
O grande destaque nesse beat é a melodia. O Pharrell usou como inspiração uma música chamada White Horse da banda Laid Backs, lançada em 1983. Ele simplesmente usou a melodia desse som só que pronunciando o primeiro nome do Snoop, o famoso “Snooooooooooooooooooop”
A parceria do Snoop com o P, rendeu sua primeira musica em #1 no Billboard Hot 100, feito que o rapper veterano não tinha conseguido com até então 12 anos de carreira. Sera que deu certo???

 

1 – Clipse – “Grindin”

Em uma entrevista, Pusha T, membro do duo Clipse disse o seguinte:

Eu me lembro, estava em casa e o Pharrell disse, “Escute, eu to com esse beat aqui e se você não vir pro estúdio agora, Eu vou entregar pro Jay-Z
Mas quando eu escutei ‘Grindin’ Eu fiquei tipo, “Como eu vou rimar nisso?’ É tão diferente, eu não consegui pegar.

Grindin foi diferente de tudo que o Pharrell tinha produzido até então. Sem melodia, com um beat mais hard, porém minimalista com um efeito de percussão só pra dar uma quebrada e diferenciada durante o refrão.
Essa música se tornou o “hino do gueto”. O Clipse como de costume passa para os ouvintes suas rotinas de quando vendiam drogas nas ruas de Virginia. A levada dos MC’s ficou em perfeita harmonia com o beat. Por ser um beat sem melodia, traz o aspecto underground, diretamente das ruas, as batidas se assemelham à sonoridade de mãos batendo em latas de lixo, como eram feitos os freestyles nas esquinas de Nova York na década de 80.
Foi o maior sucesso da carreira da dupla. É considerada por muitos especialistas um dos melhores beats da história do rap, é uma batida inovadora misturando elementos da velha e da nova escola. GRIIIIIINDIN.

 

Então mulecada, é isso! Já disse e repito, sou suspeito pra falar desse cara que admiro tanto, mas o talento dele é inegável. Muitas produções excelentes acabaram ficando de fora, foi muito difícil escolher 5 dentre tantas obras primas desse mano. Espero que gostem, tamo junto!

Anúncios

Um comentário sobre “Drop The Beat! Especial Pharrell Williams

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s