R&B Review: “Memories Don’t Die” por Tory Lanez

Eae, pessoas! Essa é a primeira review gringa que eu to fazendo depois da minha volta ao blog e eu aproveitei o drop recente do “Memories Don’t Die” para analisar junto com vocês. Para quem ainda não sabe, esse é o segundo disco de estúdio do cantor e rapper canadense Tory Lanez. O primeiro é “I Told You” (2016) e é uma completa decepção por tudo o que se foi prometido e não cumprido. Esse ano o Fargo disponibilizou o seu mais novo trabalho com 18 faixas, todas carregadas de trap e cânticos R&B. Vamos ver se ele acertou dessa vez? Simbora.  Continuar lendo

Anúncios

Review Nacional: “Chefe Gordo” por Bril

Iaeee seus fã da nova MTV! Suave? Shaq por aqui pra mandar aquele ao vivo de um trampinho que estava a muito sendo aguardado, mas ninguém tinha ideia de que cara ia sair.

Sem muita enrolação, hoje vamos falar do disco do Chefe Gordo aka CEO da Tramontina aka Homem da Faca aka Bril. Continuar lendo

Review Nacional: “Subliminar” por MC Igu

Desde que escrevi a review do álbum Kinkaku-Ji (2017) do Igu, ele alcançou um patamar ainda maior no cenário nacional. Seja no número de fãs, reconhecimento, ou, buzz dentro do cenário trap nacional. Quem curte trap aqui no brasa sabe quem é o Igu hoje em dia, é incontestável. Isso se deve muito ao fato da sua incrível (e desgastante) necessidade de dropar tracks quase todas as semanas – muitas dessas músicas não se diferenciam em nada em uma das outras, isso fez com que eu parasse de acompanhá-lo ‘semanalmente’-, e hits incontestáveis no meio disso tudo. Esse ano, o Igu mais uma vez jogou MAIS um disco depois de ter dropado uns QUATRO ano passado. É trabalho demais, né? Pena que quantidade não é o mesmo que qualidade, é o que eu sempre digo.  Continuar lendo

Review: “Black Panther: The Album” por Vários Artistas

Fala aí, seus live action de anime! Tudo tranquilo? Cacique de volta neste famigerado site, e desta vez para revisarmos a soundtrack do filme mais aguardado do ano, “Black Panther”. Já não bastasse o hype do filme por se tratar de um herói foda, ter toda a importância que o mesmo traria na questão da representatividade da cultura negra dentro desse universo de heróis da Marvel, ter um elenco pica, e etc… Os caras convocaram ninguém mais ninguém menos que Kendrick “O Kerido” Lamar pra assumir a responsa da soundtrack, então vamo ver no que deu após cê clicar nessa porra aí

Ah, vou tentar fazer a review o mais spoiler free que eu conseguir. 🙂

Continuar lendo

Review Nacional: “Francisco Oceano” Por Rodrigo Zin

Depois de meses, consegui curti um trampo nacional e ele é do Rodrigo Zin. Integrante do grupo curitibano 0800 Crew, Rodrigo largou um EP que serve de introdução para seu futuro e próximo álbum chamado #ninguém e que se chama “Francisco Oceano” – como vocês puderam perceber no título. Homenageando um dos maiores artistas da música negra nas últimas duas décadas, Rodrigo pega emprestado o nome do cantor norte americano Frank Ocean e intercala com o nome da rua São Francisco que fica em Curitiba, e o resultado? Ora, vamos descobrir.  Continuar lendo

Review: “4:44” por JAY-Z

Oi, porra. Carnaval aí torando mas seguimos firmes na missão, e como estamos devendo várias reviews sobre álbuns do ano passado, hoje o texto vai tratar de um dos álbuns mais impactantes de 2017, o 4:44. Indo totalmente contra as tendências da cena e contra o seu próprio padrão musical, o Jay-Z protagonizou o pedido de desculpas mais elaborado dos últimos tempos em seu último disco. Num álbum enxuto, de produção assinada exclusivamente pelo No I.D. e com letras de caráter bem íntimo, o Jigga novamente se tornou tema de quase todas as conversas sobre rap desde o lançamento do 4:44. Sendo a obra curtinha, o texto vai ser no esquema faixa a faixa. Brota!  Continuar lendo